Nov
18
2010
0

HQs Baianas

Este mês, recebi três HQs pelo correio enviadas pelo Marcelo Lima, roteirista de Feira de Santana na Bahia, para que eu pudesse falar sobre elas aqui no blog.

São HQs publicadas este ano, via incentivo do estado da Bahia, o que poderia servir de exemplo pro Rio de Janeiro, uma vez que faz tempo não se investe em literatura alguma por aqui.

Agradeço ao Marcelo pelas HQs, e abaixo seguem minhas humildes opiniões.

Vou começar falando da HQ que mais atraiu minha curiosidade, “Lucas da Vila de Sant`Anna da Feira” que retrata esta figura pouco conhecida do nosso cangaço, um dos muitos obscurecidos pelo famoso Lampião.

Lucas da Feira, como é mais conhecido, se destaca dos demais cangaceiros de maior renome por ser notoriamente um escravo fugido que acabou por montar um bando fora da lei que roubava comerciantes nos arredores da então Vila de Sant`Anna da Feira.

O roteiro está bem amarrado. Muita coisa foi romanceada, uma vez que se sabe muito pouco deste personagem. Gostaria que a história fosse maior, com mais espaço para o desenvolvimento dos personagens, mas nada impede continuações.

Gostei muito dos desenhos do Hélcio Rogério.

De quebra a publicação traz uma bela arte do Adauto Silva, que desenhou minha HQ dos Camaelitas.

Outra HQ do pacote é a coletânea “Área 71”, que trás vários artistas baianos, inclusive os criadores da HQ do Lucas.

É uma série de HQs curtas com temas e estilos variados.

Gostei de boa parte das HQs, mas esta mistura ficou confusa. Talvez a capa, com temática alienígena, seja o que mais destoou, pois suscita um temática de ficção científica que não existe em boa parte das HQs.

Particularmente, sou favorável a coletâneas com uma temática mais amarrada. Contudo, nada impede que seja algo mais eclético, como é o caso, desde que devidamente apresentada.

Por fim, outra HQ do Marcelo Lima, com desenhos de Joel Santos, “Kuei e a Senhora de Sárvar”, trata-se de um mangá de ação e aventura, num futuro pós-apocalíptico tendo um vampiro (Kuei) como personagem principal.

Este é o primeiro episódio de uma história que ainda deve render muitas reviravoltas, a julgar pelos textos de prefácio e epílogo que situam esta primeira HQ no universo criado pelos autores.

Parabéns ao Marcelo Lima, que tocou as publicações com boa qualidade, e têm como principal mérito apresentar mais quadrinistas de qualidade do nordeste.

Share

Powered by WordPress | Theme: Aeros 2.0 by TheBuckmaker.com