Aug
31
2009
1

Criando seu culto

via abstinencia de sentidos

Com esse passo-a-passo, só falta se livrar dos seus escrúpulos para aplicar estas técnicas.

Não por acaso, as mesmas que vêm sendo praticadas ao longo da história por todas as religiões e muitos grupos políticos. Seja religiosa ou política, uma crença é sempre uma crença.

O vídeo me fez lembrar muito do “Clube da Luta” um excelente filme que mostra, a formação “acidental?” de um culto em torno do dito clube.

E apesar das regras (principalmente as duas primeiras):

#1 – The first rule of Fight Club is, you do not talk about Fight Club.

#2 – The second rule of Fight Club is, you DO NOT talk about Fight Club.

#3 – If someone says stop, goes limp, taps out, the fight is over.

#4 – Two guys to a fight.

#5 – One fight at a time.

#6 – No shirts, no shoes.

#7 – Fights will go on as long as they have to.

#8 – If this is your first night at Fight Club, you have to fight.

A coisa só crescia.

Budah, Moises, Jesus, Maomé,... Tyler Durden, o messias do caos.

Budah, Moises, Jesus, Maomé,... Tyler Durden, o messias do caos.

Até que virou o Project Mayhem.  Daí foi ladeira abaixo.

Cultos duram pouco, os que não acabam logo, viram religião.

Share

Powered by WordPress | Theme: Aeros 2.0 by TheBuckmaker.com