Dec
31
2013
0

A Carta

2013 foi o ano em que finalmente publiquei uma HQ. Espero que seja o primeiro de muitos trabalhos.

E como este blog foi criado para que eu pudesse falar dos meus trabalhos e ao menos deixá-los registrados aqui para posteridade, fica a postagem.

Graças a esta HQ pude finalmente ir a uma convenção de HQs (o FIQ) na condição de autor publicado e não apenas um esperançoso candidato a roteirista de HQs.

As pessoas o levam mais a sério, abre mais ouvidos, não sei se mais portas, mas é certamente um estímulo para seguir escrevendo.

Idéias não faltam. Qual será o próximo a desfilar no mercado? Um livro, um conto, outra HQ? Alguma já escrita? Alguma das que estou escrevendo, muitas das quais meros enredos?  Ou quiçá outra que ainda nem vislumbrei?

Quem ainda não comprou corra: http://www.editoradevaneio.com.br/?page_id=110

Divirta-se e saiba que o quão mais rápido esta HQ for vendida, mais rápido poderei publicar outra coisa.

Share
May
11
2013
0

A Mortífera Maldição da Múmia

Trata-se de uma HQ online que fiz em parceria com o Rodrigo “Soldado” Martins na époda da faculdade e com ajuda dos amigos, Gustavo Novaes e Felipe Moura.

A montífera maldição da múmia

Foi a adaptação do conto homônimo do Carlos Orsi Martinho pertencente ao universo Intempol.

Nesta HQ fizemos uso do estilo narrativo “infinite canvas” criado pelo Scott Mc Cloud.

A propósito, trata-se de uma HQ antiga portanto em flash. Lamento macs.

Por que só postei isso agora?

Porque o link e onde ela estava hospedada eram informações há muito perdidas e só agora consegui os arquivos para poder replicá-la aqui no site.

Divirtam-se.

 

Share
Jun
29
2012
1

Ideias Ilustradas

Esta é uma semana especial.

Após uma gestação de 2 anos, nasceu ontem o Ideias Ilustradas (i2).

Ideias Ilustradas

Hoje o i2 é uma versão evoluida da minha primeira ideia de um concurso de tirinhas online que tive em 2010, quando eu ainda nem sabia como a construiria.

Neste meio tempo tentei viabilizá-lo de várias formas, até que conheci o Rio Criativo, uma das raras iniciativas nobres do Estado.

Nos cursos e consultorias oferecidos por profissionais do Instituto Gênesis aprendi a redigir um Plano de Negócios completo. O projeto de empreendimento foi tomando formas mais claras, e ainda com outro nome ganhou uma identidade visual e layout.

Fui um dos selecionados para a fase de apresentação diante da banca.

Não serei humilde. Tenho para mim, principalmente vendo a reação dos membros da banca, que a minha foi no mínimo uma das melhores.

E isso me garantiu um lugar entre os 30 projetos selecionados, dos 150 submetidos.

Após mais algumas consultorias fui apresentado à equipe de programadores responsável pelo sistema do site, hoje meus sócios.

O i2 agora é real, a versão beta está no ar, e mais etapas precisam ser superadas até chegarmos ao objetivo que é ter um site publicando tirinhas de maneira profissional, remunerando os artistas e premiando o público ainda mais.

Obrigado,

ao Eduardo Costa, com quem iniciei a confabulação sobre o site.

ao Guilherme Velho que me estimulou a seguir em frente quando eu acreditava que meu Plano de Negócios estava capenga (e estava), mas graças a uma extensão do prazo pude elaborá-lo melhor. E que depois me apresentou à Luz Consultoria onde tive vários insights.

ao Rafael Moraes que me ajudou na elaboração do plano de negócios.

à equipe do Rio Criativo, Leonardo, Girlene.

ao pessoal do Gênesis.

aos parceiros do CEU, em especial ao Laufer, que me apresentou ao Fábio, ao Gustavo e ao Rafael, que curtiram o projeto desde o início, onde surgiu uma boa sintonia que vem sendo afinada à 6 meses.

obviamente a estes três caras.

ao Felipe Loureiro que me passou alguns conhecimentos de marketing online.

ao Adolfo que deixou meu cpu afinado.

à Rosele, meu amor que me aturou este tempo todo.

e a todos os amigos que contribuíram direta ou indiretamente com esta conquista.

 

 

 

 

Share
Nov
18
2010
0

HQs Baianas

Este mês, recebi três HQs pelo correio enviadas pelo Marcelo Lima, roteirista de Feira de Santana na Bahia, para que eu pudesse falar sobre elas aqui no blog.

São HQs publicadas este ano, via incentivo do estado da Bahia, o que poderia servir de exemplo pro Rio de Janeiro, uma vez que faz tempo não se investe em literatura alguma por aqui.

Agradeço ao Marcelo pelas HQs, e abaixo seguem minhas humildes opiniões.

Vou começar falando da HQ que mais atraiu minha curiosidade, “Lucas da Vila de Sant`Anna da Feira” que retrata esta figura pouco conhecida do nosso cangaço, um dos muitos obscurecidos pelo famoso Lampião.

Lucas da Feira, como é mais conhecido, se destaca dos demais cangaceiros de maior renome por ser notoriamente um escravo fugido que acabou por montar um bando fora da lei que roubava comerciantes nos arredores da então Vila de Sant`Anna da Feira.

O roteiro está bem amarrado. Muita coisa foi romanceada, uma vez que se sabe muito pouco deste personagem. Gostaria que a história fosse maior, com mais espaço para o desenvolvimento dos personagens, mas nada impede continuações.

Gostei muito dos desenhos do Hélcio Rogério.

De quebra a publicação traz uma bela arte do Adauto Silva, que desenhou minha HQ dos Camaelitas.

Outra HQ do pacote é a coletânea “Área 71”, que trás vários artistas baianos, inclusive os criadores da HQ do Lucas.

É uma série de HQs curtas com temas e estilos variados.

Gostei de boa parte das HQs, mas esta mistura ficou confusa. Talvez a capa, com temática alienígena, seja o que mais destoou, pois suscita um temática de ficção científica que não existe em boa parte das HQs.

Particularmente, sou favorável a coletâneas com uma temática mais amarrada. Contudo, nada impede que seja algo mais eclético, como é o caso, desde que devidamente apresentada.

Por fim, outra HQ do Marcelo Lima, com desenhos de Joel Santos, “Kuei e a Senhora de Sárvar”, trata-se de um mangá de ação e aventura, num futuro pós-apocalíptico tendo um vampiro (Kuei) como personagem principal.

Este é o primeiro episódio de uma história que ainda deve render muitas reviravoltas, a julgar pelos textos de prefácio e epílogo que situam esta primeira HQ no universo criado pelos autores.

Parabéns ao Marcelo Lima, que tocou as publicações com boa qualidade, e têm como principal mérito apresentar mais quadrinistas de qualidade do nordeste.

Share
Apr
14
2010
2

Scans vs Sacanas

Tiramos duas letras “a” e vemos que tem tudo a ver. Mas não como os editores de olho gordo bradam.

Dois excelentes posts, um do Dib (onde deixei minha opinião nos comentários) e outro do Felipe Gomes do MDM matam a pau a questão.

A citação do Cadu Simões, inclui uma entrevista do Neil Gaiman, onde ele deixa bem claro como tudo acontece de fato. Nada que pessoas de boa fé possam temer.

Na minha opinião, faz tempo que HQs Marvel/DC deixaram de valer qq dinheiro.

Aqui no Brasil então, onde as publicações ainda saem com uma defasagem enorme com relação aos originais, a coisa se torna mais idiota, pois quem curte HQs fatalmente já leu em sites especializados e sabe todo o desenrolar das tramas.

Quanto às HQs autorais nem se fala. Anos se passam para que uma editora nacional se preste a publicá-las por aqui (sem garantia de concluir a série. Haja visto Preacher.) e a essa altura, quem curte já leu tudo no original ou via scans. Dai não é difícil deduzir porque as vendas não rendem tanto.

Minha sincera opinião?
Se as editoras nacionais investissem também em material original e inédito de artistas locais. Seja qual fosse o tema, teriam em mãos um acervo de relativo baixo custo e talvez mais fácil comercialização.
Mas se nem quadrinistas brasileiros famosos, que fazem sucesso lá fora, são convidados a produzir HQs originais para editoras daqui, que preferem pegar as histórias destes mesmos caras, que foram publicadas lá fora e republicá-las aqui.

É triste.

Share
Feb
18
2010
0

Gênesis de Robert Crumb

Robert Crumb ficou famoso por seus quadrinhos humorísticos, invariavelmente envolvendo sexo, drogas, loucura entre outras características que nunca o colocariam numa lista de prováveis autores de uma adaptação da Bíblia, ou qualquer obra religiosa, ao menos não como um trabalho sóbrio.

Mas eis que no ano passado ele surpreendeu a todos com sua versão do Gênesis.

Ele quadrinisou todo o livro, e o fez buscando ser o mais fiel possível ao texto, tendo utilizado diversas versões do livro para poder comparar as passagens e inclusive diz ser há anos um entusiasta do tema, tendo lido livros de estudiosos sobre o assunto.

Desta forma, o que Crumb fez foi dividir o texto bíblico e ilustrar em forma de quadrinhos, cada passagem da narrativa. O texto possui várias observações de rodapé onde o autor explica alguns significados de nomes e outras curiosidades. No final do livro ele ainda comentou quase todos os capítulos, justificando as razões por ter retratado, ou escrito tais passagens de uma forma ou de outra.

Nunca li a Bíblia, apenas trechos. Sei que se tentasse ler de cabo a rabo, não seria agradável e acabaria não absorvendo quase nada, em muito pela forma com está escrita e porque para compreender muitos dos trechos é preciso um conhecimento paralelo que eu não possuo. Crumb resolveu este problema, ao menos no livro do Gênesis.

O formato de quadrinhos já suaviza muito o texto, tornando-o mais fácil de se compreender. Isto, somado aos comentários e observações, torna a leitura não apenas prazeirosa como interessante e instigante.

Não sei se ele pretende seguir adaptando outros livros da Bíblia, mas adoraria se o fizesse. No mínimo apontou um filão que outros quadrinistas podem vir a explorar.

Clique na foto para saber mais sobre o autor.

Em geral as adaptações da Bíblia para quadrinhos, se resumem a trechos curtos, voltados para crianças, com linguajar adaptado, e ou resumidos.

Crumb foi imparcial, mantendo o texto o mais livre possível de interpretações, modernizações, ou censuras.

Share
Jan
03
2010
0

Entrevistas

Além deste meu blog, eu participo do Ambrosia, com uma coluna semanal (toda a sexta) sobre quadrinhos na internet, chamada HQ Digital, além de eventualmente resenhar um filme.

Esta última sexta eu publiquei a primeira entrevista em minha coluna.

A entrevistada é a Lorena Kaz, que faz as tirinhas da Lokaz.

Clique aqui para ler.

As entrevistas intercalarão com os artigos comuns da coluna.

Esta é uma forma que eu encontrei de melhor apresentar o cenário dos quadrinhos online nacionais para meu leitores.

Confiram a Lokaz! A reboque virão mais, já tenho duas outras entrevistas prontas para ir ao ar. Mas são surpresa. :)

Então, não fiquem tristes se não posto tanto por aqui, pois não tenho ficado parado. Também estou preparando novos textos para cá, sem falar nas tirinhas que seguem saindo religiosamente.

Share
Dec
15
2009
3

Camaelitas

Clique aqui para ler.

Clique aqui para ler.

Meu mais recente trabalho nos quadrinhos.

Criei estes personagens e esta história, que ainda tem muito pano pra manga, na forma de um roteiro.

Foi o Adauto Silva, quem lhes deu vida e suas formas nas páginas da HQ.

Agradeço ao Julio Shimamoto por nos ter apresentado. Até que formamos uma boa dupla. :)

Não posso me esquecer de minha rosa que corrigiu minhas agressões ao português.

O link na imagem leva para o site www.vilaniacomics.com, onde a HQ está aberta para todos lerem.

Divirtam-se!!

Share
Oct
27
2009
2

Concurso de HQs de Terror

A Vilania Comics que publica quadrinhos no portal da Oi, lançou hoje um concurso para todos os quadrinistas e fãs de terror.

Leiam aqui, como participar!!

O juri conta com figuras como:

Thiago Borbolla, o Borbs, do site Judão.

Júlio Shimamoto, desenhista e autor de HQs.

Tiago Cordeiro, do blog Melhores do Mundo.Net.

Marcelo Naranjo, editor do site Universo HQ.

André Dahmer, cartunista e quadrinhista criador dos Malvados.

Rodrigo Fonseca, jornalista de O Globo, ex-editor da Ediouro Quadrinhos e ex-crítico de HQ do Jornal do Brasil.

Lorde Lobo, jornalista e quadrinhista.

Dogg, do blog Black Zombie.

Alvaro Campos, editor do Vilania Comics e roteirista do Furo MTV e da webséries Os Buchas.

Ulisses Mattos, editor da M…, ex-colunista do Cocadaboa e do Jornal do Brasil.

E eu Carlos Felipe Figueiras, que coordeno o Vilania Comics.

Os três primeiros serão premiados com HQs autografadas, e o grande vencedor será também um dos destaques mensais do site da Vilania.

Não percam tempo, pois dia 20/11/2009 é o prazo final para envio de trabalhos!

Boa sorte!

Share
Oct
21
2009
1

Quadrinhos informativos

Excelentes exemplos de como os quadrinhos, se bem feitos, podem de fato servir de excelentes tutoriais para até mesmo assuntos técnicos e muito específicos como:

A construção de um mega porto;

XHTML 2 e HTML 5; ou

Detalhes sobre o Google Chrome.

Os dois último, ambos do Scott Mc Cloud, que se tornou a figurinha fácil da internet, quando se trata de quadrinhos, mas o cara manda bem.

Share

Powered by WordPress | Theme: Aeros 2.0 by TheBuckmaker.com