Oct
16
2018

Unay

Unay está prestes a se tornar realidade.

UNAY-capa-final

Minha primeiraHQ fruto de uma campanha de financiamento coletivo, até que não foi mal.

Se você foi um dos colaboradores que apoiou a campanha ou adquiriu esta HQ posteriormente seja por mim ou um dos desenhistas, muito obrigado e espero que a leitura tenha sido prazeirosa e os convido a deixar seus comentários mais abaixo, quero muito saber o que acharam. Podem deixar dúvidas também, tentarei respondê-las o quanto antes.

Para os que caíram aqui de paraquedas, deixe-me situá-los.

Unay é uma coletânea de quatro HQs de terror escritas por mim e desenhadas por: Daniel Araújo, João Miranda, Erik Judson e Crow kid.

De forma bem resumida:

São quatro histórias de terror, mas com algo em comum que as une através dos tempos e em diferentes regiões do Brasil.

Em cada uma o terror se manifesta de forma distinta, como algo misterioso, grotesco, psicológico ou fatalístico.

Cada um dos medos, preconceitos, ódios e frustrações que vivemos como indivíduos, ou nos grupos dos quais fazemos parte, se manifestam, manifestaram e manifestarão de diferentes formas, basta darmos vazão a eles.

Como poderá ver nestas histórias, o que nos separa de tudo isso é uma tênue linha.

Uma linha que por vezes chamamos de consciência, segurança, razão ou,… ignorância.

A primeira edição foi de apenas mil exemplares, muitos dos quais podem ser encontrados principalmente no Rio de Janeiro, em São Paulo e em Brasília, seja nas mãos de um de nós, seja em lojas ou livrarias. Mas se você não é de alguma destas cidades, não se preocupe, entre em contato comigo por aqui mesmo e posso enviar um exemplar direto para sua casa autografado.

Confira no menu ao lado outras HQs e textos meus.

Curta esta postagem, siga este blog e me siga no intagram: @carlosfelipefigueiras ou Facebook, para saber de mais novidades dos meus trabalhos que ainda estão por vir.

Share
Written by in: Aviso,HQs |

4 Pitacos »

  • Zz says:

    A HQ é muito bonita e os desenhos são muito bons, principalmente os da segunda história, são fantásticos.

    Infelizmente, encontrei pelo menos três erros de português (não estou falando dos erros intencionais relacionados ao sotaque).

    O enredo também é fraco. Deu pra entender as sequências e tudo mais, mas a impressão que dava, era que eu tinha aberto uma hq no meio e começasse a ler e depois fechado num lugar aleatório antes do final. As histórias geralmente acabavam num climax, isso foi muito chato. Se o problema foi a quantidade de páginas, deveriam reduzir a quantidade de historias, porque nenhuma foi bem desenvolvida e ficou muito fraco.

    Sem contar a falta de respeito para com os contribuidores. O prazo foi muito extrapolado, e algo que deveria chegar em junho chegar apenas em dezembro é completamente absurdo. Se não era possível entregar no prazo previsto bastava alterá-lo.

    Bom, a única satisfação foram os desenhos e o poster bonito. As histórias são muito fracas. Eu sugiro desenvolver mais a segunda, ela tem potencial.

  • Daniel Lemos says:

    Olá, Carlos. Vim pelo site Arte Final. Estou interessado pela a sua HQ Unay. Moro em Fortaleza, CE.

  • Oi, Daniel. Mande um e-mail para kfe_78@hotmail.com com seu endereço.
    Estou vendendo cada exemplar por R$ 15,00 + frete dos correios.
    Abração!

  • Pois é, Zz. Infelizmente o lançamento sofreu atrasos que fugiram ao meu controle e não é possível alterar a previsão de entrega no Catarse, mas fiz questão de manter os colaboradores bem informados do andamento da produção com uma série de e-mails que fui enviando. De forma alguma faltei com o respeito para com quem tornou possível esta publicação, ainda que entenda a frustração e angústia pela espera. Acredite, passei por tudo isso enquanto cortava um dobrado tentando reduzir o atraso ao máximo.
    Vou falar com o João Miranda que ele tem em você um fã.

    Depois me passe pelo contato do site os três erros que encontrou, se for o caso eu corrijo na próxima edição.
    Sendo eu o único, designer, promotor, diagramador e revisor de toda a HQ, terem escapado apenas três erros eu julgo um sucesso. Produções muito mais sofisticadas e contando com profissionais específicos, melhor treinados e pagos para cada uma destas tarefas não costumam ficar muito abaixo desta margem. :)

    Quanto às histórias, é impossível agradar a todos. Dê uma conferida no Camaelitas ou no Investigador. Ambas HQs minhas disponíveis de graça no Tapas. Os links estão aqui no blog nas respectivas postagens. Por aqui também tenho contos meus que talvez o agradem. Tudo de graça.

RSS feed for comments on this post. TrackBack URL


Deixe seu pitaco

Powered by WordPress | Theme: Aeros 2.0 by TheBuckmaker.com