Feb
12
2018
0

Sacudindo a poeira

Mais de três anos sem escrever aqui neste blog.

Muita coisa se passou neste meio tempo. Escrevi muita coisa que acabei não publicando aqui e ficou guardada.

Agora sou pai.

IMG-20180117-WA0001b

João Carlos

Ano passado consegui imprimir um ritmo de produção textual e agora os frutos começaram a germinar. Em breve terei coisa nova para aunciar e decidi que era hora de dar uma geral no blog, tirar a poeira e atualizar alguns links quebrados, pois este sempre foi o propósito primordial dele, um lugar onde eu pudesse anunciar  e registrar meus trabalhos além de afiar minha escrita.

Fico sempre surpreso com como algumas postagens seguem sendo populares mesmo após tantos anos ausente daqui. Como o meu tutorial sobre como trocar a bateria do nobreak, que escrevi após ter descoberto que ao invés de gastar 200, 300 reais ou mais em um nobreak novo a cada dois anos, você pode simplesmente, na maioria dos casos, abrí-lo e trocar a bateria que pode ser encontrada em lojas especializadas por uns R$ 60,00.
Inclusive em alguns países existem aparelhos em que a bateria é facilmente trocável como as pilhas do controle remoto, mas por aqui isso ainda não existe, então fica a dica.

Voltando ao que interessa.

Algumas postagens mais relevantes para o meu ganha-pão estavam bem desatualizadas uma vez que linkavam para sites, que não mais existem, onde as respectivas HQs estavam disponíveis.
Então confiram as atualizações, e as HQs caso não as tenham lido ainda.

A Carta – Infelizmente a editora que a publicou fechou suas portas. Asseguro que não devido à publicação. Mas já adianto que já podem mandar pedidos de exemplares pois parte dos que sobraram estarão em breve comigo para venda direta. Por hora, apenas algumas páginas na postagem.

Camaelitas – Um teaser de uma série longa que planejo escrever no futuro. Ainda preciso estudar mais e terminar outras obras igualmente trabalhosas antes. Mas agora vocês podem ler estas 21 páginas no Tapas, um site/app que surgiu neste meio tempo e é extremamente prático para publicar e consumir HQs do mundo todo. E é de graça!!! Mas por hora tem apenas a versão em inglês.

O Investigador – O primeiro número de uma série que nunca decolou, mas talvez ainda possa decolar (desenhistas? :). Assim como o Camaelistas perdeu sua antiga casa e também está no Tapas. Não é um conceito mega original, mas se curtir, sugiro dar uma lida em Rat Queens, que tem um tipo de humor bem parecido, misturando a ambientação medieval de fantasia com conceitos sociais modernos.

A Mortífera Maldição da Múmia – Segue aqui firme e forte como uma HQ genuinamente online. Um modelo que infelizmente ainda é pouco comercial, principalmente se você não for muito famoso.

Os contos – e demais textos continuam disponíveis e aos poucos pretendo conseguir tempo para postar outros por aqui, ou anunciar a publicação dos mais relevantes para que vocês possam coçar os bolsos e colaborar com a minha sobrevivência.

É isso, muitas ideias e pouco tempo para execução. Tantas que nem cabem mais na cabeça. Anoto tudo e algumas há tanto tempo que alguns arquivos de futuras histórias parecem anotações de algum esquizofrênico que por vezes têm a mesma ideia brilhante anos depois de tê-la anotado pela primeira vez, ou que parece discutir consigo mesmo num brainstorm de meses se um personagem deveria ser mais assim ou assado, ou se aquela história deveria ter o rumo A ou B, entre diversas metáforas e analogias que as mesmas poderiam conter.

Apesar do parto demorado e trabalhoso, os filhos nascem mais cedo ou mais tarde.

Até!

Share

Powered by WordPress | Theme: Aeros 2.0 by TheBuckmaker.com