Aug
14
2014
0

Indo além

Independente de qualquer disputa ideológica a única realidade inevitável que enfrentamos para o futuro econômico é a descrita neste vídeo. E precisamos pensar em como alcançar uma economia sustentável onde as pessoas simplesmente não precisem trabalhar.
A mentalidade tacanha que regue a atual conjuntura e insiste em valorizar a presença de pessoas em postos de trabalho já obsoletos há décadas só atrasa o inevitável e provoca mais sofrimento.
Um sistema econômico que não dependa de trabalho humano deveria ser a principal meta almejada, mas tanto direita como esquerda dificilmente conseguem pensar em uma economia funcional onde ninguém precise trabalhar. Não que seja simples.
Particularmente acredito que tal sociedade seria a única experiência comunista possível. Não pelo emprego total e luta de classes como os comunistas vêm pregando desde sempre, mas justamente pela ausência de trabalho e classes, pois robôs produzirão tudo que for necessário e a nós restará apenas desfrutar de uma vida de prazeres.

Vida idílica

 

E por prazeres não apenas deitar na relva e ver a vida passar, mas também buscar mais conhecimento e empreender em atividades hoje consideradas trabalho pelo real prazer em praticá-las.
É difícil pensar em como as coisas prosseguiriam a partir deste ponto. Talvez o Isaac Asimov tenha a resposta na sua série de livros que começa com o Caves of Steel. Não podemos nos tornar spacers de todo nem darmos um passo atrás como os terráqueos.

The Caves of Steel

É preciso encontrar um meio termo que nos permita desfrutar dos constantes avanços mas não mate nossa ambição por ir além e desvendar novos mistérios e conhecimentos. É isso que nos faz humanos.
Porém, indo ainda além nesta projeção, talvez nosso destino seja no fim das contas deixar de ser humanos assim como há milênios deixamos de ser animais irracionais.

Share

Powered by WordPress | Theme: Aeros 2.0 by TheBuckmaker.com