Sep
19
2009
4

Fábulas

HQ escrita por Bill Willingham e desenhada (em boa parte) por vários artistas, dos quais eu destaco Mark Buckingham e o capista James Jean, que foi recentemente substituído pelo também excelente João Ruas, que por sua vez é um dos ilustradores que anos atrás fez uma ilustração para o projeto “A Carta“. (Jabá feito)

As terras habitadas pelos personagens dos contos de fadas foram invadidas e quase todas tomadas por um misterioso adversário, que controla um poderoso exército formado por seres nefastos, feiticeiros malignos e tudo que havia de ruim por aquelas bandas.

A série de HQs Fábulas (Fables) começa nos apresentando a comunidade de personagens de contos de fadas que habita um refúgio em nosso mundo, para onde eles escaparam séculos atrás, fugindo das hordas do adversário.

Alguns são notórios, como a Banca de Neve, o Lobo Mau, a Bela e a Fera, o Principe Encantado, Pinóquio, entre outros, e outros não tão famosos.

Seu refúgio, ou Cidade das Fábulas como eles o chamam, é um quarteirão de Nova York, mantido longe da curiosidade dos mortais por uma série de encantamentos, os quais também permitem que os espaços internos sejam bem mais amplos que a física permitiria.

Existe outro abrigo, para os personagens não humanos, que eles chamam de fazenda e fica numa propriedade no interior do estado, também protegida por encantamentos dos curiosos.

Depois de séculos vivendo como refugiados e sem muitas notícias animadoras sobre suas terras natais, alguns estão resignados a nunca mais retornar e outros ainda nutrem alguma esperança.

À parte do ponto focal da história que é o possível retorno destes personagens às terras encantadas, inúmeras outras tramas e dilemas se desenvolvem, decorrentes dos conflitos entre eles próprios.

Neste ponto, Fábulas se assemelha com tantas outras obras que aproveitam personagens famosos para construir uma história sob outra ótica e o faz muito bem.

A exemplo disto, vemos um Príncipe Encantado meio canalha, odiado por suas ex-mulheres: Branca de Neve, Cinderela e Bela Adormecida. Uma Fera que mantém a forma humana desde que sua Bela não esteja com raiva dele. E pra completar, quem impõe a ordem na cidade é o Lobo Mau.

Com o tempo, outros personagens literários dos universos de fantasia dão suas caras nas histórias.

A HQ é um sucesso e já está no número 86 ou 87 nos EEUU. Por aqui era publicado pela Pixel Media, teve uns 2 ou 3 arcos publicados pela Devir e não sei qual será a continuidade.

A exemplo de tantas outras séries autorais americanas, muitos achavam que Fábulas teria um final já planejado, mas o autor afirmou recentemente que pretende escrever esta história até não poder mais. Dizem as más línguas que isto é porque tudo mais que ele escreveu é muito ruim. Não posso dizer nada quanto a isso, pois não me recordo de ter lido nada mais dele, mas é certo que só o conheço por Fábulas. A preocupação de uma história longeva, sem um final a se almejar, é que a trama pode vir a decair mais cedo ou mais tarde.

Leitura recomendada!!

P.S.: As capas são um espetáculo a parte, traduzindo com sutileza os acontecimentos de cada revista e ao mesmo tempo instigando à leitura.

Share

Powered by WordPress | Theme: Aeros 2.0 by TheBuckmaker.com