Apr
18
2009

A Maldição do Cigano (Thinner)

Trata-se de um livro do Stephen King que acabei de ler e gostei.
Não sou fã do cara, mas o admiro pela capacidade de bolar tanta coisa, escrever rápido e escrever bem. Tá certo, que este foi o primeiro livro dele que li de fato. Mas assisti a vários filmes.
Os xiitas por favor não me apedrejem (aviso logo que apago comentário desaforado). Não sou muito chegado ao gênero de terror, se é para me assustar e ficar com medo de ir na cozinha à noite, que seja por algo realmente bom. E até agora, antes deste livro, os unicos textos de terror que me despertaram interesse e de fato me deixaram com medo, são do Lovecraft. Recomendo especialmente “The Case of Charles Dexter Ward“.

Tenho preconceito com o King porque cansei de assistir a histórias que te mantém atento o tempo todo e elocubrando mil e uma explicações para o que está acontecendo, e como tudo pode acabar para chegar no final e me frustrar, pois nada é explicado e tudo termina sem mais nem menos.

Imagino que isto se deva ao fato dele já estar pensando no livro seguinte, no final e acaba terminando as coisas de qualquer jeito. Tudo tem seus prós e contras.

O Thinner não é certamente dos mais assustadores. Pude constatar que o cara escreve bem, apesar da péssima tradução. Tradução esta com direito a pérolas do tipo: “Isto está fodidamente ruim.” 

A trama é sobre um advogado gordão que é amaldiçoado por um cigano sinistro e começa a emagrecer sem parar. Daí a tradução correta do título: “Mais magro”. Obviamente tiveram que mudar.

A trama começa lenta, mas quando engrena é ladeira abaixo, até chegar a um final que não decepciona. Os últimos capítulos me fizeram imaginar a toda a hora que diabos ia acontecer. Mas é muito mais uma história de suspense que terror. Até porque, quais as chances de você encontrar um cigano, ele não ir com a tua cara e te colocar uma maldição?  Felizmente para mim são poucas, do contrário estaria me cagando de medo.

Me empolguei e vou assistir ao filme que fizeram. Terei uma experiência Stephenkinguiana completa.

Recomendo.

Agora retornarei para o Bernard Cornwell em mais uma aventura de Sharpe.

Share

3 Pitacos »

  • Pedro Vieira says:

    Pô, sabe q eu e o Fraga estivemos perambulando pela Romênia, né? A gente era amaldiçoado por pedintes ciganos esfomeados a cada esquina. No fim já até amaldiçoávamos de volta, em português mesmo. O Fraga emagreceu à vera, mas provavelmente foi dieta 😛

    Pô, eu não sou grande conhecedor de Stephen King, mas recomendo Gerald’s Game (O Jogo perigoso) e Cell (Cell é sobre CELULARES ZUMBIFICADORES, e é sensacional).

    Agora, a minha impressão sobre Cornwell é q depois de ler meia dúzia de livros vira tudo mais do mesmo, não? Depois de ler a trilogia do arthur e aquela do arqueiro, não me interessei mto mais…

    valieu

  • Eu sei que o King tem boas histórias, que eu provavelmente gostarei, mas esta foi a primeira que li ou assisti.

    Quanto ao Cornwell, concordo plenamente. Inclusive se ler mais dele, você verá que os heróis dele são na verdade o mesmo cara: alto, forte, bom no que faz e uma boa pessoa, mesmo que meio sacana.
    Ainda assim as tramas variam junto com o cenário, as batalhas são muito bem narradas e tudo com grande riqueza histórica. Os coadjuvantes também são bem interessantes. Um prato cheio pra quem curte boas aventuras.

  • danilo says:

    o filme é terror sim, não vem com essa de “está mais para suspense”, o filme retrata o terror sofrido pelo personagem, vc acha que tem que haver fantasmas ou coisas que assustam, esse filme é terror “natural” com cenas de suspense, sem mais, mas respeito a tua opinião.

RSS feed for comments on this post. TrackBack URL


Deixe seu pitaco

Powered by WordPress | Theme: Aeros 2.0 by TheBuckmaker.com